Curtidas no Facebook: o que fazer se a rede social seguir a tendência do Instagram?

Facebook: o que fazer se a rede social esconder as curtidas como fez com o Instagram?
Facebook: o que fazer se a rede social esconder as curtidas como fez com o Instagram?
Foto de  Tim Bennett no Unsplash

Sem medo de agir, o Facebook confirmou no final de 2019 que estava realizando os testes para ocultar as curtidas da rede social. A mudança vai na mesma direção do que ocorreu com o Instagram e é mais uma tática para evitar a baixa no número de usuários.

A notícia abalou o mercado, já que, com tantas transformações no mundo digital, é normal que as empresas que utilizam as mídias sociais como uma estratégia de divulgação da marca fiquem preocupadas com a situação.

“Como as pessoas irão medir a popularidade da minha marca? De que forma mostrarei a relevância para o meu cliente?”

Calma! Primeiro que a tendência não se confirmou e aparentemente os testes não deram certo… Segundo que nenhuma inovação do Mark Zuckerberg parece surtir efeito e evitar a migração dos usuários para outras redes.

Mas, se acontecer e você ainda se sente aflito, existem estratégias que podem mostrar a relevância e popularidade da empresa através do Facebook e do Instagram.

Neste texto pretendemos entender essas estratégias e como utilizá-las com sabedoria e planejamento para aproveitar o momento e se destacar da concorrência.

Chegou a hora de convertermos as ameaças em vantagens competitivas no mercado.

Por que o Facebook pensa em ocultar os likes?

A notícia de que esconder as curtidas no Instagram faz bem para a saúde mental já não é mais novidade e é a principal explicação do Facebook para repetir a dose, agora na mídia social mãe.

Especialistas dizem que o uso desses aplicativos é tão viciante (ou mais) quanto outras drogas e que, ao diminuir a competição por likes, podemos ter melhoras na qualidade de vida. Ou seja, se é uma medida de proteção às pessoas, o objetivo é aumentar a retenção do número de usuários.

O que nos leva aos benefícios da mudança para o empresário ou profissional de marketing: evita-se a baixa dos seguidores das suas páginas corporativas.

E convenhamos que os likes nem eram tão importantes assim. Na verdade, eles atrapalham a medição da popularidade, engajamento e geração de consumidores reais.

Já é consenso entre os profissionais da publicidade que as curtidas criam falsa influência na internet, através do negócio de likes e seguidores e da monetização das publicações de influencers.

Que estratégias adotar para continuar mostrando autoridade no mercado?

Se você usava ou não as curtidas de uma publicação como uma das metas de uma campanha de marketing, pouco importa. Vamos focar no que você pode fazer para medir se a sua marca é relevante e se você consegue gerar leads através do Facebook?

Conheça as principais estratégias para aumentar a relevância da sua marca, virar autoridade no seu mercado e conquistar possíveis compradores, sem precisar mostrar o número de curtidas:

Produza conteúdo

O inbound marketing vem crescendo como uma nova forma de engajar o seu cliente. Muitos empresários têm adotado essa estratégia para educar o mercado e atrair tráfego para o seu site, aumentando, dessa forma, o número de leads.

Já percebeu o tanto de textos pipocando no seu feed, e-books brotando nos e-mails e vídeos sendo produzidos em larga escala? As empresas entenderam que é preciso pautar as discussões no seu mercado se quiser ter chance no mundo digital.

Não se prenda às curtidas no Instagram e Facebook: use um blog para levar as discussões da sua área para dentro do seu site, compartilhe as suas conquistas, divulgue os benefícios da empresa. Movimente-se!

Métricas de sucesso no Facebook

Se a rede social eliminar as curtidas do site… Ótimo! Grande oportunidade para você focar em métricas que valem à pena, como:

  • Seguidores – compartilhamentos e comentários são tão importantes quanto as curtidas, se você quiser medir o engajamento real da página. Detenha-se, porém, a capacidade de conseguir seguidores organicamente, medida que pode ser mais importante na decisão de compra do seu produto;
  • Conversão em vendas – curtidas não pagam as suas contas! O que vai fazer você aumentar o seu faturamento é o número de vendas que você fizer. Por isso meça quantas pessoas que vieram das suas redes sociais e consumiram ou se tornaram possíveis compradores;
  • Custo x benefício – também é possível medir o retorno que os investimentos em marketing digital trazem para o seu negócio. Você pode acompanhar a relação de cliques no seu anúncio ou o custo por ação de um usuário no seu post, por exemplo.

Aplicando técnicas eficientes, quem precisa mostrar curtidas nas redes sociais? Com essas estratégias nós esperamos que você tenha se inspirado a modificar o seu planejamento de marketing.

Aposte em produção de conteúdo, acompanhe outras métricas e invista seu dinheiro de forma inteligente. Adapte-se!

Se uma das líderes do mundo tech está se ajustando, significa que você também não deve ficar parado e preso à sua rotina. Que venham mais mudanças pela frente!

Publicado por Germano Ferreira

Editor-chefe

2 comentários em “Curtidas no Facebook: o que fazer se a rede social seguir a tendência do Instagram?

    1. Que legal, Daniel! Discordo, eu já acho que os comentários abrem a possibilidade para debates, assim como estamos fazendo aqui. Não te parece incrível? Obrigado pelo comentário.

      E… Sim! Dei um pulo no seu blog e no texto sobre 13 Reasons Why. Bora continuar com força total. \o\ Um abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: